> Radar

DABELLA LANÇA MÉTODO REVOLUCIONÁRIO DE RECHEAR

Na vida das confeiteiras, boleiras e doceiras que trabalham atendendo encomendas, grande parte do tempo de preparação dos produtos é reservado às produções de recheios. “Eu tenho uma filha confeiteira, e, como a maioria das profissionais que trabalham por conta, ela é mãe, com duas crianças para tomar conta, e dona de casa, e quando chega a época de festas, como Páscoa, Dia das Mães, Natal, ela passa dias e noites se dedicando aos seus bolos e doces, exigindo de toda a família a ajuda nos cuidados com a casa e com os filhos, e muitas vezes até na preparação das encomendas, sempre atrasadas. Em uma destas ocasiões, eu passei a observar minha filha em seus preparos, e constatei que grande parte de seu tempo era gasto com os recheios. Sugeri a ela usar recheios prontos, o que ela rechaçou de imediato. Me disse que já havia experimentado alguns recheios prontos, mas achou o sabor meio estranho, sem graça, às vezes com um gosto meio artificial. E ela, orgulhosa de suas criações, faz questão de fazer tudo do zero, para manter o sabor, deixando-o o mais natural possível, e assim, para manter seus padrões, passava horas misturando ingredientes, cozinhando, mexendo, provando o sabor, como todas as colegas. Só usa de cremes prontos, a Nutella e o Buoníssimo. Mas eu não desisti de minha intenção de encontrar uma forma de manter o sabor e a qualidade das criações de confeiteiras como minha filha, mas que aliviasse um pouco do peso de suas costas, e depois de muita pesquisa e testes, consegui, ao lado de grandes empresas fabricantes de sabores concentrados, criar uma maneira de rechear que usaria apenas um creme, com um sabor suave e de cor neutra, que ao ser misturado a uma pitada de pastas concentradas de sabores variados, originasse uma série de recheios, com sabores que permitissem às confeiteiras manter a qualidade de suas criações”, relata Pedro Eugênio Prado, criador do processo por ele chamado de Método daBella, o qual consiste em pegar o creme, batizado por ele de Cremeo, e adicionar a este creme uma pequena quantidade de um dos sabores das pastas golden flavors, concebidas para trabalhar em harmonia com o Cremeo, resultando em recheios de sabores variados e deliciosos. “Não foi fácil desenvolver todo este processo, mas no final temos um método muito fácil, porque em minutos você prepara seus recheios, bastando misturar, manualmente ou na batedeira, dependendo da quantidade, e pronto! Você tem seu recheio. E é incrível ver que, usando o mesmo creme, você consegue transformá-lo em recheios com sabores e cores diferentes, como baunilha ou frutas silvestres, bombom ou leite em pó, nozes ou chocolate com laranja. E cada um pode dar seu toque pessoal, variando a quantidade de pasta, ou adicionando crocante, cookies triturados, etc. Daqui para a frente, a vida das confeiteiras e confeiteiros vai ficar bem mais fácil”, prevê ele.

Rolar para cima