> Carta ao Leitor

DE PAIS PARA FILHOS

EMPRESAS FAMILIARES EM QUASE SUA TOTALIDADE, AS PADARIAS ATRAVESSAM E SUPERAM AS PIORES CRISES, SEMPRE!

UNIDOS | Acima, em primeiro plano, o empresário Eli James Laureano e seu filho Jonathas Laureano lideram a produção na padaria Pães e Delícias, de Caruaru/PE

Nada melhor para homenagear os Panificadores neste seu dia 8 de Julho, do que mostrar exemplos de sua luta diária e da união familiar que eles perpetuam desde os primórdios das instalações das primeiras padarias no Brasil. Empresas familiares em quase sua totalidade, as padarias veem seu comando passar de geração a geração e evoluir sempre, independentemente das crises que enfrentam. Sejam elas políticas, econômicas ou sanitárias, ou as três combinadas, como é o caso atual, não são suficientes para jogar as padarias na lona, nem fazer com que panificadores desistam de seus propósitos de continuar à frente destas empresas que estão sempre desempenhando a missão mais básica de nossas comunidades: prover o pão de cada dia às famílias brasileiras.
A união de avós, pais, filhos e netos na administração das dezenas de milhares de padarias em todo o Brasil é o que mostramos na matéria de capa desta edição. As novas gerações nunca dessistem de seguir em frente com os propósitos de seus antecessores, nem sendo esta a pior crise de nossa história. Nestas páginas nós mostramos alguns exemplos que fazem com que nossos votos de esperança neste setor sejam sempre renovados.
Pedro Eugênio Prado

Rolar para cima