> Arte com Chocolate

Resilientes como o cacau

o cacau brasileiro passou por desafios e doenças que reduziram sua produção a zero. mas ele se reergueu e nos serve de exmplo para sair desta crise

Por Priscila França • chefpriscilafranca@gmail.com

O cacau já esteve intimamente presente entre os Maias e Astecas, onde era considerado tão precioso que somente os nobres, sacerdotes e guerreiros tinham acesso liberado a ele. Já chegou a ser usado como moeda corrente na época. Além de ser usado para selar casamentos, purificar crianças recém-nascidas e quando por ventura um parente próximo morria era feita uma bebida espessa e escura, a base de cacau para garantir ao morto uma viagem tranquila ao mundo do além. Já foi uma bebida oferecida aos deuses e atualmente as amêndoas de cacau são consideradas um dos alimentos mais completos do mundo.
O cacau estimula o sistema cardiovascular, relaxa os músculos e dilata os vasos sanguíneos. Contém serotonina, dopamina e phenyltelamina, que são neurotransmissores que ajudam a aliviar os sintomas de depressão e estão diretamente ligados à sensação de bem-estar. Além de conter anandamina, que está ligada à sensação de felicidade e várias vitaminas, entre elas, a vitamina B, uma das responsáveis pela saúde do cérebro.
Mesmo sendo tão complexo e já tendo ocupado um lugar tão especial e de destaque na sociedade, na década de 80 o sul da Bahia sofreu uma queda de produção de quase 100%, devido ao fungo Moniliophtora perniciosa, conhecido como vassoura de bruxa.
Desde então, os fazendeiros e estudiosos buscam uma forma de conter a praga e aumentar a produção, melhorando a qualidade do cacau e o tornando mais resistente à doença, fazendo com que voltemos a ter um destaque novamente na produção e exportação de grãos com mais qualidade.
E o que eu quero dizer com isso? Que apesar de ter tantos benefícios à saúde e de sua importância econômica e social, ele sofreu com uma doença que quase o derrubou, mas está se levantando muito mais forte, com mais resistência e qualidade do que nunca.
Assim somos nós hoje! Talvez uma grande padaria ou uma confeitaria, que estava no auge do sucesso e foram surpreendidos por esta pandemia que veio nos mostrar uma nova realidade do mercado e como devemos nos reinventar para atrair nossos clientes.
Por isso, o cacau é um grande exemplo de resiliência, que devemos observar para tentar usar como exemplo. Pois, apesar de ir quase a zero, hoje se ergue com muito mais qualidade e resistência que antes. Exatamente como faremos para nos reerguer depois que esta pandemia passar.

Rolar para cima